Está aqui

Bom dia, Gladiadores!

POSTED BY: TdQ | Qui, 30/10/2014 - 10:06

Diz o PR Daily que as Relações Públicas “nos entram no sangue”. Bastam uns anos disto, e a profissão passa a fazer parte do nosso ADN. Sofre do síndrome de RP? Saiba quais são os sintomas.

Ler o jornal não é o momento de “pausa” da manhã, é trabalho. Fazer scroll down no feed  do Facebook não é cusquice, é trabalho. O mesmo para o Twitter, para o Instagram, para o Pinterest… Ter um blogue, fazer um post. Não são passatempos, é trabalho. Atender chamadas a meio das refeições não é falta de educação, é trabalho. E isto não são desculpas, é trabalho.

Mas não é trabalho. É paixão.

Scandal, Olivia Pope

You can’t look at or listen to any form of media without thinking, “my client should be on that.”

You know you work in PR when: You proudly put “PR pro” in your Twitter bio, knowing it’s the one place you don’t have to explain your job.

Ou quando explica alguém o que faz, e que ser Relações Públicas não é estar à porta de uma discoteca a receber os convidados VIP. Mas recebe de volta aquele olhar de “hein?”.

O PR Daily reuniu a lista dos 20 sinais que identificam um profissional de RP. Taras e manias de quem respira o que faz, 24/7. Espreite aqui e descubra em quantos faz check”.

Este conteúdo foi seleccionado por Patrícia Miranda Corrêa para o blogue A Teoria do Q.