Está aqui

Como o Turismo podia ajudar o DN a aumentar as vendas

POSTED BY: TdQ | Qui, 09/10/2014 - 09:53

Mesmo na capital do Fado, a vida não tem de ser sempre um fado choradinho.


O Diário das Festas de Lisboa

O DN é o jornal mais bem localizado para aproveitar as oportunidades da economia do Turismo que cresce, em contraciclo, na Cidade de Lisboa.

O País, como é sabido, atravessa uma crise económica generalizada e essa é uma das causas (não a única, infelizmente) das actuais dificuldades comerciais do DN - menos leitores, menos publicidade.

O Turismo em Lisboa é uma excepção (felizmente não a única) e vive uma evolução muito positiva.

Ora, o DN localiza-se exactamente na artéria mais nobre (e mais cara) da cidade, uma das mais frequentadas por aqueles que nos visitam, a favorita para as compras.

A curta distância do DN temos milhares de quartos de hotel, alguns nos melhores estabelecimentos do país. Para a zona também está projectado um promissor centro de grandes congressos. Mesmo à porta do emblemático e mal aproveitado edifício do DN passam, diariamente, centenas de turistas.

Porque não potencia o DN estas oportunidades publicando uma edição para turistas?

Em todo o mundo, existem edições em língua inglesa de jornais locais (que os turistas apreciam porque permitem obter informação das cidades que estão a visitar).

Esta iniciativa proporcionaria ao DN empresa potenciar a sua localização e aos jornalistas novas oportunidades de emprego.

No fundo o DN estaria a fazer o mesmo que outras entidades estão a fazer na cidade de Lisboa: preparar o futuro em vez de chorar o passado.

Porque, mesmo em Lisboa, capital do Fado, a vida não tem de ser sempre um fado choradinho.

Este apontamento foi originalmente publicado por Luís Paixão Martins no blogue A Teoria do Q